Os desafios para preparar o e-commerce para o Same Day Delivery

with 1 comentário

O comércio eletrônico – e-commerce – movimentou R$41,3 bilhões em 2015, um aumento nominal de 15,3% se comparado ao registrado em 2014, segundo o relatório E-bit WebShoppers 2016. No total foram realizados 106,2 milhões de pedidos online, sendo que um número expressivo de 39,1 milhões de consumidores virtuais realizaram pelo menos uma compra em 2015, volume 3% maior que em 2014.

O estudo também constatou que, para garantir a entrega dentro do prazo prometido, o tempo médio anunciado pelas lojas de e-commerce aumentou de 8,7 dias em 2014 para 9,4 dias em 2015. Aliado a isso, 46% dos e-consumidores reclamaram de atrasos e demora na entrega e 67% se queixaram do frete alto. Outros 48% gostariam que houvesse mais opções de frete na loja virtual e 46% gostariam de ter a opção de receber o produto rapidamente, no mesmo dia ou no dia seguinte.

Os desafios para preparar o e-commerce para o Same Day Delivery: comprando_em_e-commerce

A internet, sem dúvida, trouxe inúmeras facilidades para o nosso dia a dia, principalmente quando o assunto é compra. Por meio dela é possível comparar preços em diversas lojas, pesquisar a opinião de outros consumidores sobre o produto, ter disponível uma variedade muito maior de produtos do que a do estoque de uma loja física e não depender do horário comercial para fechar a compra, tudo isso em poucos cliques e na comodidade do lar.

Mas os dados apontados pelo WebShoppers mostram que há um gargalo a ser suprido entre o e-commerce e seus e-consumidores, ávidos por cada vez mais agilidade, e é justamente no momento da entrega do produto que acontece o tropeço. Muitas vezes, a compra está associada a uma necessidade urgente, como um presente numa data especial, um remédio que não pode ser interrompido, compras de produtos perecíveis num supermercado online ou o simples prazer de ter logo em mãos algo que estava louco para conseguir. Por isso, muitas empresas estão implementando em seus sites o same day delivery, ou entregas no mesmo dia, um diferencial que pode atrair milhares de potenciais compradores e que vai causar uma verdadeira revolução logística, onde o mais rápido sem dúvida sobreviverá. Então, é mais do que urgente pensar em formas alternativas de entregas que ofereçam a agilidade que o mercado exige e também repensar as estratégias logísticas da empresa.

O primeiro passo talvez seja descentralizar os Centros de Distribuição (CD), levando mini-CDs com os produtos mais comercializados em determinada região, o que agiliza o processo de entrega e permite que a empresa fique mais próxima de seu consumidor. Também é importante especificar e deixar bem claro no site quais produtos estão disponíveis para o same day delivery, levando em conta peso, tamanho e fragilidade do objeto, além da quantidade disponível em estoque. Esse cuidado evitará reclamações e desgastes para a marca do e-commerce. Também deixe claro as regras para as entregas no mesmo dia. Por exemplo, pagamentos aprovados até 12h são entregues até as 22h do mesmo dia, mas caso a aprovação venha depois, o prazo é até as 12h do dia seguinte. E, para fechar com chave de ouro, certifique-se de que todos os envolvidos nesse processo estejam bem alinhados, o que envolve estoquistas, equipe de marketing, logística e suporte ao consumidor, a fim de que eles tomem providências rápidas, caso seja necessário.

É importante salientar também que o serviço de same day delivery pode ser terceirizado e realizado, por exemplo, por meio de motoboys. Empresas de tecnologia do setor – como o Rapiddo – estão preparadas para atender essa demanda, que leva em conta, ainda, a logística de última milha para dar mais agilidade ao processo da entrega. Permite também o acompanhamento do processo de ponta a ponta, como a roteirização das entregas, assinatura digital, atualização do status de entrega em tempo real e geração online de relatórios customizados, além de uma economia para as empresas que pode ultrapassar os 30% com esse tipo de serviço.

Uma resposta

  1. è um problema mesmo quando todos tiverem acesso ao e-commerce que vem crescendo e deixando de ser uma dúvida e de gerar desconfiança, mas o gargalo na logística traz novas questões, desafios e oportunidades, como os Truck stores, truck stock, tendas temporárias e Cds mais ágeis e leves, em trânsito com uma pré venda e estatísticas de produtos mais vendidos

Deixe uma resposta